As Chaves à Percepção

R$73,82

Autores: Jamil Pereira, Marcos Damascena , Gil Pery
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/JamilPereiraOficial

Prazo de produção: até 5 dias úteis
REF: ut9013 Categoria

Sinopse

Não raras vezes se ouve que a arte é um dom. A arte de fato, transcende o puramente racional, é uma coisa muito ligada à alma e imaginação também, os fundamentos técnicos não constituem um fim em si mesmos, se pode dizer que são apenas os meios. Os princípios nucleares e subjacentes, auxiliam na diretriz à exteriorização dos sentimentos artísticos, mesmo que a arte por vezes, tangencie o inefável.
A força motriz fundamental é a inspiração, mas, a técnica é uma bússola que em momentos oscilantes e possível desânimo, certa dificuldade seja minimizada ou superada.
Não há, em tese, uma forma específica para se aprender a desenhar e pintar, ou desenvolver o que já se faz, todavia, manter certo ritmo, auxilia no percurso. Fazer os exercícios à medida que aparecem, e se uma lição parece difícil, voltar à aula um pouco e revê-la, é uma forma de consolidar ou aprimorar a compreensão.
Entender erro e acerto como parte intrínscecamente relacionada ao processo de aprendizagem é compreender também, que ninguem nasce sabendo e todos são capazes de desenhar e pintar.
Ao se enfrentar determinado conhecimento como a Ciências do Direito, da Física, da Pscologia entre outros, se tem a postura como a do paradóxo socrático “só sei que nada sei ou em tese, “sei de uma coisa: posso aprender”. Ou seja, “está consciente que sabe de alguma coisa e que é possível se desenvolver mais ainda.
Assim como em outros aprendizados, não deve mudar substancialmente a postura ao se enfretar o universo da arte. Não é preciso pensar como se pensa a matemática ou a física, mas ter como alicerce certos conceitos podem ajudar na tarefa de desenhar e pintar.
O que se apresenta em síntese, como meio mais prático à compreensão e aprimoramento sobre a manifestação da luz sobre os corpos, a atmosfera que os circunda, os fenômenos da perspectiva, o controle sobre o foco de atenção, o balanço visual, as tramas e texturas das superfícies entre outros aspectos, é por meio da forma tríplice: treino estudo e treino, seja com lápis, caneta, pincel. O dom também, pode influenciar e acelerar no desenvolvimento. Mas, não se preocupe com a questão temporal, existem fases de desenvolvimento para cada pessoa. Cada um tem seu próprio tempo por mais ou menos dedicação.
Não é regra absoluta, aliás, na arte não há conceitos absolutos, em geral a pessoa que mais se dedica pode sentir sua desenvoltura em menor tempo.

Informações adicionais

Peso 0.240672 kg
Dimensões 16 × 23 × 0.83 cm
Editora

Nº Páginas

146

Tamanho

Autor(a)

, ,

Capa

Fosco, SEM orelha

Impressão

Colorido (Papel Couchê)

Data da Publicação

10/07/2021

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
As Chaves à Percepção thumbnail

As Chaves à Percepção

R$73,82