Oferta!
Ficção  »  Esportes

O Deus Kukulkán e a Civilização Maia do Botafogo

,

R$27,47

REF: ut2877 Categoria

Sinopse

Amigos, Kukulkán NÃO era um deus! Antes que vocês façam mal juízo de mim, esclareço que este foi um erro de TRADUÇÃO do frei espanhol Francisco Ximenéz, que trouxe para a nossa língua o livro sagrado dos Maias – o Popol Vuh – escrito em Quiché, quando se apressou em atribuir uma suposta deidade para este “elemento” daquela civilização.
Naquela época era comum e até uma vanguarda descobrir “deuses” cultuados por civilizações antigas. Mas não, Kukulkán NÃO era um “deus”. Nunca foi!
O “barato” deste livro é aceitar o desafio de compreender esta questão e ser partícipe comigo de uma reparação histórica que terá um desfecho surpreendente, que eu não vou contar, senão você não vai ler!
Mas esteja certo, os livros de história terão de ser reescritos, porque a verdade não está lá fora, está aqui dentro mesmo, e tem sua origem mais recente na pirâmide de Chichén Itzá, na península de Yucatán, no México!
– E o Botafogo com isso?
Essa você já sabe, o Botafogo não é um clube, é uma Predestinação Celestial! E tem tudo a ver com esta história! Vocês não perdem por ler até o final!
Boa leitura!
Um colossal abraço do Stemp!

Informações Adicionais

Editora

Nº Páginas

124

Tamanho

14,7 x 21 cm

Autor(a)

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Deus Kukulkán e a Civilização Maia do Botafogo”