A SEMANA DE DEUS

R$48,12

Autor(a): Daniel Alves

Prazo de produção: até 5 dias úteis

Sinopse

A vida após a morte é real, concreta, possível e perfeitamente provável. E Se Deus não limitasse o tempo de evolução do homem na Terra em apenas 7 mil anos (Mc 13.20), a humanidade conseguiria sozinha, sem a ajuda de Deus, o domínio da morte e a conquista da vida eterna através da ressurreição dos mortos. Se Deus permitisse, a ciência teria conseguido essas conquistas, porém muitas tecnologias inacreditáveis ainda surgirão antes de Jesus voltar. A questão da ressurreição do corpo prometida por Jesus, é uma questão muito mais científica do que religiosa. Nos próximos 200 anos, a ciência terá dominado a tecnologia da regeneração das células perpetuamente, e o homem não morrerá mais de velhice, e terá um corpo sempre jovem. A ciência só não descobrirá a tecnologia da ressurreição do corpo, porque Jesus voltará antes do homem conseguir essa inevitável conquista. Mas antes de seu retorno, a morte estará dominada e só ocorrerá por acidentes, homicídios, suicídios ou doenças. A ciência vencerá a religião e o evolucionismo triunfará sobre o criacionismo. Porém, a ciência reconhecerá que a evolução tecnológica só foi possível graças à religião hebraica-messiânica. Mas se alguém pensa que a ciência provará que Deus não existe, engana-se, Deus existe, é real, físico e de carne e ossos, igual a qualquer ser outro ser humano.
E ele retornara triunfante com o seu filho Jesus à Terra, daqui a pouco mais de dois séculos, pana finalizar a sua Semana, e consumar os tempos, e ressuscitar os mortos, e julgar os povos. Deus vencerá a guerra contra a idolatria, o espiritismo e a incredulidade. Deus não é um espetro espiritista, ele é real, físico e humano. Deus é homem e o homem é deus. Estamos caminhando para o fim do dia 6 da Semana de Deus, e depois do dia 6 vem o sábado. Jesus voltará bem no finalzinho do dia 6 para salvar, com o arrebatamento, aqueles que o esperam, da grande tribulação que será um grande cataclismo. Após a tribulação se iniciará o sábado, ou seja, o último milênio da Semana de Deus. Jesus reinará em Jerusalém durante estes mil anos finais, assessorado pelos 144 mil judeus. É por isso que ele é o Senhor do sábado. Ele restaurará as cidades destruídas pela grande tribulação, governará os povos da Terra, restaurará a nova ordem mundial, entretanto, ao fim do seu governo, ou seja, ao fim do último milênio, com a população mundial tendo uma longevidade próxima dos mil anos, ele sofrerá forte oposição e as nações se rebelarão mais uma vez contra o Ungido (Messias) de Deus. Isso se dará porque ocorrerá mais uma catástrofe natural, todavia, desta vez, Deus não intervirá e não salvará ninguém a não ser os 144 mil assessores de Jesus, que são os da primeira ressurreição.
Ao fim do sábado milenar, toda população mundial morrerá de uma só vez. Em seguida se inicia o processo de ressurreição dos mortos para o Juízo Final, desde o primeiro dia do primeiro milênio da Semana de Deus. Todavia, a ressurreição se dará de trás para frente, ou seja, os últimos a morrer serão julgados primeiro. Os processos de julgamentos durarão 100 anos, e em cada ano se julgará uma geração nascida a cada 70 anos, que multiplicada por 100, perfaz 7 mil anos, o número de anos da Semana de Deus. Até lá a humanidade descobrirá que Deus é homem e o homem é deus, e este será o principal motivo da rebeldia mundial contra Jesus, porque ele será uma autoridade humana como as que temos hoje, e começará a ser tratado como um político comum.

Informações adicionais

Peso 0.608957 kg
Dimensões 16 × 22.9 × 2.09 cm
Editora

Nº Páginas

398

Tamanho

Capa

Brilho, SEM orelha

Impressão

Preto e Branco (Papel Avena / Pólen)

Data da Publicação

30/10/2021

Autor(a)

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
A SEMANA DE DEUS thumbnail

A SEMANA DE DEUS

R$48,12