Memórias

R$39,29

Autor(a): Augusto de Sênior
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/amauri.ferreira.01

Prazo de produção: até 5 dias úteis
REF: ut12337 Categoria

Sinopse

Estes escritos, não têm a intensidade das Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida, a genialidade das Memórias póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis ou dos Contos do Marquês de Sade. O ‘detalhismo’ das Memórias da Rua do Ouvidor de Macedo ou das Memórias de Adriano de Marguerite Yourcenar. Estas são Memórias, narradas por um cronista-quase-romancista, são lembranças de Nicanor Pimenta dos Anjos!…
A graça das Memórias da Emília de Monteiro Lobato; ou a ‘singeleza’ de Nemecsek em Os meninos da Rua Paulo de Ferenc Molnár; mas, são Memórias quase- romance. Durante muitos anos, Nicanor Pimenta dos Anjos, pensou em narrar suas Memórias a este cronista-quase-romancista. São Memórias quase-romance, lembranças que ‘dissecam’ fatos passados.
Utilizamos conceitos de Machado de Assis, Alencar e das Memórias de um Sargento de Milícias; obras universais. De Machado de Assis, três romances: Memórias póstumas de Brás Cubas – 1881; Quincas Borba – 1891 e Dom Casmurro – 1900.
De Alencar os perfis de mulher (Senhora, Diva e Lucíola) e dois romances indígenas (O Guarani e Iracema). De Manuel Antônio de Almeida, Memórias de um Sargento de Milícias; esperamos que destes conúbios: coisa boa, coisa sagrada (maná).
Iniciamos pelo primeiro dia. Infâncias; anos de escola, o básico; anos universitários; trabalhos; ‘guerra intelectual’ contra mentes ‘pequenas’ diante dos ‘estudos’; política; aquisições (roupas de marcas, computadores, carros, terrenos, casas etc.). Namoros insólitos; brigas, sem e com motivos!…, noites em claros, bebedeiras e porres homéricos, festas públicas etc.
É intenção atingir, a transformação – a travessia que o texto literário oferece – o Universalismo, ou seja, o fato de que um Leitor em qualquer tempo e lugar do mundo, ou mesmo, atualmente, em uma ilha distante, sem ‘informações’, lendo o texto, reconheça-se nele dizendo:
– Estas são minhas Memórias!…
– Tal personagem sou eu!…
Também objetivamos: atingir o ideal, que todos os autores almejam: ser lido; angariar à atenção dos leitores, conduzindo-os por uma estrada ‘livre’ que é o conhecimento e o amor à leitura (E a Literatura!…). E por último, logicamente: a venda de livros!… Vender estas Memórias, estas lembranças de Nicanor Pimenta dos Anjos, homem comum, de vida simples.
Augusto de Sênior – Amauri C. Ferreira.

Informações adicionais

Peso 0.327435 kg
Dimensões 20.9 × 29.7 × 0.71 cm
Editora

Nº Páginas

122

Tamanho

Capa

Fosco, COM orelha

Impressão

Preto e Branco (Papel Offset)

Data da Publicação

29/10/2021

Autor(a)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
Memórias thumbnail

Memórias

R$39,29