O Sol brilha para todos

R$55,41

Autor(a): Milton Azevedo
Revisor(a): Mariana Bernardo Santana do Amaral da Rocha
Demais Colaboradores: Paulo César da Silva (Serviços Editoriais)
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/miltonazevedo

Prazo de produção: até 5 dias úteis
REF: ut9710 Categoria

Sinopse

Ao iniciar a leitura de O Sol Brilha para Todos, o narrador, adulto, seduzido pelo menino de outrora, transporta o leitor para aquela pacata fazenda do Tamboril. Em seu retorno a Tamboril, coincidentemente nome de um instrumento de percussão semelhante à cítara, o narrador envolve o leitor nesse ritmo e a fazenda se torna o espaço da infância de cada um de nós. Espaço em que a felicidade é genuína, dissociada de bens materiais ou de quaisquer outros complementos que os tempos modernos nos levaram a adicionar. Tudo isso fica evidente nas primeiras linhas do livro.
A história do menino pobre, desde a sua tenra idade já sujeito a problemas de saúde, vai-se tornando, à medida que avançamos nas envolventes páginas desta obra, a história do homem realizado. É o “historiador” que, a partir dos fluxos de sua memória, consegue aqui conduzir uma escrita enriquecida por uma profunda análise do interior humano. Agora, o leitor, saciado de valores encontrados no espaço da infância, deseja ir com o narrador para conhecer o mundo.
O momento mais instigante de O Sol Brilha para Todos é, inquestionavelmente, quando o menino Milton, com o qual já estávamos familiarizados, tem seu braço direito amputado. Não é só o menino e sua família que sofrem neste momento, mas o leitor também divide com eles essa perda, essa dor. Entretanto, o compreensivo fracasso de uma criança vai cedendo espaço à busca pelo sucesso. E o leitor participante reconhece que, por razões além de precariedades materiais, Milton não tem prótese para seu braço ausente, mas ensina-nos que podemos aumentar nossa capacidade de compreensão da realidade e de amor ao semelhante.
O Sol Brilha para Todos não é um livro de autoajuda, mas uma lição de vida legada, principalmente ao jovem montesclarense, pelo Milton menino, pelo Milton jovem e pelo Milton adulto, sempre acompanhados do amor imensurável de sua família. É uma narrativa que instiga cada um a fazer a sua história.
Para o narrador desta autobiografia, podem ser superados os obstáculos criados pelas deficiências físicas e carências sociais, tudo pode ser, em vez de uma barreira, um estímulo. Ele poderia aceitar ser um vencido; não obstante às limitações físicas e econômicas, o trabalho árduo e a consciência da importância da educação fizeram-no um exímio vencedor.
Se a contemporaneidade nos mostra exemplos repulsivos de violência no seio da família, que induzem os menos crédulos a ver o fim dessa instituição, eu diria que O Sol Brilha para Todos nos instiga à busca do resgate de valores, esquecidos numa Tamboril universal, mas não descaracterizados.
O Sol Brilha para Todos tem como protagonista alguém que sai do anonimato para se tornar um exemplo, porquanto presenteou a nossa sociedade em um momento tão escasso de amor e de união, com um mestre e educador, cuja vida inspira dedicação e insistência. É, pois, um transmissor de valores éticos e morais. Ele nos ensina que o perdão se sobrepõe ao rancor, ao orgulho e ao sentimento de vingança.

Eva Cunegundes G. Ferreira

Informações adicionais

Peso 0.23877 kg
Dimensões 15 × 21 × 0.96 cm
Editora

Nº Páginas

172

Tamanho

Autor(a)

Revisor(a)

Outros Colaboradores

Capa

Brilho, COM orelha

Impressão

Preto e Branco (Papel Avena / Pólen)

Data da Publicação

03/08/2021

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
O Sol brilha para todos thumbnail

O Sol brilha para todos

R$55,41