O NEGRO

R$29,22

(5 avaliações de clientes)

Autor(a): Denilson De Paula Costa
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/Profdenilson_1

Prazo de produção: até 5 dias úteis
REF: ut9464 Categoria

Sinopse

O racismo a partir das relações éticas tem como objetivo analisar o preconceito como resultado da ignorância das pessoas que se prendem as ideias pré-concebidas, que podem não neutralizar ações injustas e trata-las como brincadeiras ou desentendimentos. Dessa maneira o racismo torna-se mascarado sob o ponto de vista histórico social, tendo a escola como meio de aprendizagem para uma sociedade igualitária, já que de fato a concepção de uma cultura uniforme é uma construção fortemente enraizada na produção de material didático no Brasil e faz parte de uma das representações mais comuns da chamada identidade brasileiras e com isso estimulariam o melhor convívio da sociedade. A História da Educação Brasileira mostra a exclusão do negro do processo educativo. O espaço escolar ainda hoje é excludente com relação ao negro que são alvos de todo o tipo de preconceito. Esse é um grande desafio a lei 10.639/03, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações étnico-Raciais e para o Ensino de História, Cultura Afro-Brasileira e Africana. Outra questão relevante é a presença do negro na mídia acaba proporcionando várias modificações na nossa sociedade atual sendo assim, o negro acaba tendo uma abordagem mínima, que revelam a desvalorização desse grupo, com o passar dos anos refletem o racismo ganhando presença na sociedade brasileira, visto assim, o negro acaba tendo uma abordagem mínima, que revelam a desvalorização desse grupo, com o passar dos anos. O racismo no Brasil é evidenciado, em termos ousados como uma “doutrina”, destacando que não é generalizada mais em uma proporção considerável. No qual se identifica em determinadas atitudes como o linguajar, em gestos, política ou religião. No entanto, muitos tentam aperfeiçoar, relatando que o Brasil não é um País racista, por ser miscigenado. Entretanto esta superioridade em relação à patrão é branco e empregados negros, perpetua-se quase 500 anos depois que o navio trouxe negros para trabalharem em terras recém descobertas. Percebe-se no mapa de violência do Brasil, que a taxa de mortalidade dentro jovem negros é mais elevado que jovens brancos, no entanto está ocorrendo um genocídio invisível aos indivíduos.

Informações adicionais

Peso 0.183115 kg
Dimensões 20.9 × 29.7 × 0.4 cm
Editora

Nº Páginas

60

Tamanho

Autor(a)

Capa

Brilho, SEM orelha

Impressão

Preto e Branco (Papel Offset)

Data da Publicação

26/07/2021

Ranking

5 avaliações para O NEGRO

  1. ritadcccosta

    Excelente livro !

  2. Denilson

    Recomendo, pois precisamos contar uma nova história!!!

  3. Tereza

    Excelente livro! Muito instigante e realmente necessário para a sociedade atual. Recomendo a leitura para todos!!

  4. Ruth

    Muito interessante!! Recomendo que leiam!!

  5. Andresa

    Leitura agradável e necessária. Ótima opção para presente também.

Faça o login para Avaliar
O NEGRO thumbnail

O NEGRO

R$29,22