Oferta!
História  »  Historiografia

COCOCI NO SERTÃO DOS INHAMUNS

,

R$39,36

Autor(a): Paulo César Silva
Ilustrador(a): Paulo César Designer Gráfico
Revisores: Verônica Sparr, Mariana Rocha
Demais Colaboradores: João Álcimo Viana Lima (Prefaciador)

REF: ut7835 Categoria

Sinopse

Trago ao prezado (a) leitor (a), fundamentando-me por meio de exaustivas pesquisas em fontes bibliográficas, documentos e visitas “in situ” e de maneira concisa a ascensão e o declínio de um dos distritos mais antigos da região dos Inhamuns, COCOCI. Foi por volta de 1707, que o Coronel Francisco Alves Feitosa e o Alferes Lourenço Alves Feitosa desbravam o sertão, vindos do Pernambuco, e iniciaram a estruturação de uma das maiores comunidades rurais da Capitania do Ceará. O comissário Lourenço Alves Feitosa chegou a ter 21 sesmarias e com seu irmão Francisco Alves Feitosa dominaram uma vasta área dessa região. Nesse contexto, surgiu o povoado, mais tarde Vila de Cococi, em 1957, elevado à categoria de município. Transformou-se no reduto maior, marco principal do Império dos Feitosa, a mais poderosa oligarquia da história da colonização dos Inhamuns. Entretanto, em 1970, voltou a ser distrito de Parambu por supostas irregularidades administrativas. Fato que culminou no abandono da cidade pela família Feitosa e seus habitantes, tornando-a um museu natural, onde recebe visitantes de várias partes do Brasil e do exterior. Esta obra marca o ano do cinquentenário (1970-2020) do retorno de Cococi à condição de distrito de Parambu.

Informações Adicionais

Editora

Nº Páginas

142

Tamanho

16 x 23 cm

Autor(a)

Ilustrador(a)

Paulo César Designer Gráfico

Revisor(a)

Mariana Rocha, veronica sparr

Outros Colaboradores

João Álcimo Viana Lima (Prefaciador)

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “COCOCI NO SERTÃO DOS INHAMUNS”