Oferta!
Religião  »  Cristandade  »  Pentecostal & Carismático

APOLOGÉTICA: O DIREITO DE RESPOSTA

,

R$27,07

REF: ut3985 Categoria

Sinopse

As atividades apologéticas é um trabalho grandioso, mas, cada vez mais raro entre os cristãos evangélicos. O principal motivo, na dificuldade de encontrar apologista, é a proliferação do ecumenismo religioso. Os movimentos ecumênicos crescem a cada dia nas igrejas, onde se nota cada vez menos a presença do Apologista.
Assim como foi na Igreja Primitiva, no decorrer dos tempos, na história da igreja, muitos obreiros corrompidos e distanciados da verdade aparecem constantemente disfarçados de mestres, que em muitos casos, tiveram cúmplices neste “ministério de destruição”, os pastores tolerantes, que de forma irresponsável com o rebanho deixam de punir os lobos e acabam condenando muitas ovelhas.
As lideranças cristãs não podem negligenciar a posição firme de sentinelas; pois, nem todo Escritor, Professor, Pastor e outros obreiros evangélicos são aquilo que dizem ser.
Os interesses comerciais, políticos e emocionais, levam às várias lideranças a não terem atividades apologéticas. Líderes cristãos em todo mundo, acham, que os falsos mestres entram e saem sem a necessidade de uma ação disciplinar, quando não é verdade e não correta essas atitudes tomadas por esses obreiros. Em toda a Bíblia Sagrada, vemos personagens importantes que Deus mandou que exercessem atividades apologéticas persistentes, sem as quais, não era possível uma obra completa dos seus obreiros na terra. No Novo Testamento, Jesus presenteou à sua Igreja pessoas que Ele mesmo escolheu e deu Dons específicos, como: Apóstolo, Profeta, Evangelista, Pastor e Mestre, tendo em vista o Aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a Edificação do Corpo de Cristo. A partir dessas exigências de Jesus, para àqueles que Ele chamou, entendemos que uma das práticas fundamentais dos Dons do Ministério Cristão é a Atividade Apologética.
Entender a Religião é muito mais que carregar um diploma de uma formação teológica, muito além de títulos religiosos e muito acima de graus honoríficos das ciências humanas. Pertencer a uma religião é um passo muito importante para adentrar no mundo do conhecimento religioso; mas, não é tudo. Ter formação acadêmica em qualquer área do conhecimento constitui também um passo muito importante para os primeiros argumentos da ciência da religião. Pesquisar as religiões participando de suas liturgias, o pesquisador pode estar pisando num terreno de lama, num caminho sem volta. Por isso, tenho a intenção de levar o leitor ao mundo das religiões, por uma estrada segura, com passos curtos e vagarosos, assegurando o caminho de volta, para aquele que quer conhecer o misterioso mundo religioso e não ser escravo dos seus argumentos.
Este Livro foi cuidadosamente adaptado, para Seminários, Cursos e Palestras, que envolva a Religião e suas Atividades Apologéticas; e é fundamental auxiliador em Cursos, como: Teologia, Filosofia, Antropologia, História, Sociologia, e outras áreas do conhecimento. Tem, porém, como objetivo específico, à sua utilização, como principal recurso para o curso de Apologética Cristã, depois da Bíblia.
Sobre a questão de algumas repetições do rótulo de grupos religiosos, não indica, porém, um assunto de utilidades fúteis; mas, a dissertação sobre alguns assuntos que fundamentam as atividades apologéticas dentro do cristianismo e fora dele.

Informações Adicionais

Editora

Nº Páginas

224

Tamanho

16 x 21,9 cm

Autor(a)

Ranking

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “APOLOGÉTICA: O DIREITO DE RESPOSTA”