Gestão da educação socioambiental

Sustentabilidade crítica

R$33,24

Autores: Francisco Hermes Batista Alencar, Francisco Valdo Alencar Filho, Lara Mirtes de Sousa, Maria Cilene Gomes Vieira
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/Francisco.alencar1

Prazo de produção: até 7 dias úteis

Sinopse

Desde o início dos tempos, quando a espécie humana surgiu na face da terra, vem buscando adaptar-se ao meio ambiente para melhor conforto e comodidade.
Mais do que isso, adaptar-se é vital para a sobrevivência da espécie humana, considerada uma das mais frágeis da natureza (MALINOWSKI, 2003). Sua capacidade de pensar, articular ideias, criar, dominar, transformar objetos em outros objetos, aos poucos foi determinando a condição de soberania da espécie sobre as outras espécies. Ainda na fase média do estado selvagem, o homem domina o fogo, e cria armas como arco e flechas para o uso na caça, graças às quais os animais caçados vêm a ser alimento regular e a caça uma das ocupações normais e costumeiras (ENGELS, 1984).
Na sociedade primitiva, a espécie humana ao usar a sua capacidade de articular suas ideias, passa a criar instrumentos e objetos que lhes servirão de suporte para as suas atividades de sobrevivência como: a caça, a pesca, a defesa pessoal contra animais que ameaçava a espécie e mais tarde, com a organização da lavoura a lida no campo (Engels, 1984).

Fazendo desses objetos utensílios e ferramentas, que mais tarde com a organização da sociedade agrícola, seriam de fundamental importância para o crescimento, mesmo essas ferramentas sendo reinventadas, adaptadas e outras novas surgindo para o desenvolvimento dessa sociedade, que abriu espaço para o surgimento e crescimento da sociedade industrial (Crawford, 1994).
Engels (1984), a indústria vem para mudar o mundo, mudar no sentido de crescimento, de formar uma economia mais forte onde os processos utilizados anteriormente precisam ser mais uma vez adaptados para uma realidade diferente. A civilização é o estágio de desenvolvimento da sociedade em que a divisão do trabalho, a troca entre indivíduos dela resultante e a produção mercantil – que compreende uma outra – atinge seu pleno desenvolvimento e ocasiona uma revolução em toda sociedade anterior.
No filme Fame, um jovem é famoso como um artista em uma peça da Broadway. Ele está à beira do estrelato, mas não parece ter a menor ideia de como chegar lá. Ele se esforça para entender o que significa ser uma estrela.
No final, ele percebe que tem talento e ambição – mas ele deve usar ambos os dons de forma eficaz para alcançar seu objetivo. Talento e ambição estão intimamente entrelaçados – e é importante que as pessoas entendam isso.
A palavra “talento” tornou-se uma palavra da moda em nossa sociedade. Todo mundo quer ter talento, mas muitas pessoas não sabem o que isso significa. Alguns acreditam que o talento é uma habilidade natural com a qual você nasceu.
Outros pensam que o talento é algo que você aprende desde tenra idade. De qualquer forma, as pessoas pensam que o talento pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos. No entanto, o talento só é útil quando você o usa. O principal problema com o talento é que ele pode ser enganoso. Uma pessoa pode ter talento para cantar, mas provavelmente falhará sem treinamento adequado. Uma ambição que direcione seu talento para os objetivos certos é essencial para o sucesso. George Washington foi um talentoso líder militar que carregou o fardo de liderar o Exército Continental para a vitória. Washington não tinha carisma natural; ele não era um líder natural como seu mentor, Patrick Henry. A ambição de Washington direcionou seu talento para a direção certa e o levou à vitória na Guerra Revolucionária. Por sua vez, o sucesso de Washington como líder inspirou muitos americanos a lutar por seus direitos também. George Washington aprendeu desde cedo que a ambição poderia ajudá-lo a alcançar seus sonhos. A ambição cega pode levá-lo ao caminho errado se você não souber o que está fazendo. Muitas pessoas com grande potencial passarão a vida inteira perseguindo seus sonhos sem nunca perceber todo o seu potencial. Muitas pessoas têm boas intenções quando partem em uma jornada ambiciosa, mas não têm o conhecimento ou a disciplina para ter sucesso. Uma pessoa pode ter uma lista impressionante de realizações, mas isso não a torna bem-sucedida se não estiver aplicando esses dons da maneira correta. Uma pessoa talentosa pode estar arruinando seus dons por ser pouco ambiciosa e descuidada com seus sucessos.
É importante que as pessoas entendam que tanto o talento quanto a ambição são cruciais para o sucesso. Sem talento, uma pessoa não pode usar sua ambição para ter sucesso; sem ambição, uma pessoa não pode direcionar seus talentos para um objetivo que deseja alcançar. Tanto os talentos quanto as ambições devem ser usados com sabedoria e eficácia se as pessoas quiserem ter sucesso na vida. Uma das principais características de 2021 é que, na grande maioria das redes, esse foi um ano letivo que começou de maneira remota e chegou ao fim com aulas 100% presenciais. E, outrossim, tudo isso em meio a uma pandemia, em que cada professor e cada estudante foram afetados de um jeito diferente pela crise e por seus múltiplos impactos. Gestão da educação ambiental e sustentabilidade crítica: Questões pertinentes – o ambiente e a gestão da educação ambiental e questões críticas de sustentabilidade são de extrema importância para o futuro do meio ambiente.
A importância de entender as causas e os efeitos das mudanças climáticas, bem como os principais componentes da sustentabilidade, tornou-se cada vez mais importante à medida que os efeitos da poluição, do consumo excessivo e da superpopulação são sentidos. Compreender as interconexões entre os seres humanos e o meio ambiente e desenvolver estratégias para proteger e melhorar o planeta são cruciais para a sobrevivência de todas as espécies. A educação ambiental deve ser uma prioridade nas escolas e universidades, com currículos concebidos para dar aos alunos as habilidades e conhecimentos para compreender e enfrentar os desafios do meio ambiente.
Além disso, iniciativas de sustentabilidade precisam ser incentivadas em áreas como gestão de resíduos, além da energia renovável. Os humanos no Brasil a durante esse período da conferência o Brasil lidera na em 72 países do terceiro mundo que a expressão que se usava época para que não aceitassem né e não assimila se a teoria do crescimento zero proposto pelo relatório do clube de Roma não é conforme esse take coloca aqui as sociedades de continuar se desenvolvendo tal como a época é o ambiente daria o ponto de sustentar a população mundial tão o Brasil lidera os países contrário. -Esse pensamento e o relatório do clube de Roma também aqui no Brasil novembro de 1973 apresentando-se como um resultado né indireto da conferência de Estocolmo é criado é criada a secretaria especial de Meio Ambiente vinculada à presidência da república E é em 1977 ocorre a conferência de Tbilisi na Geórgia é uma conferência organizada por braços da ONU né que é o mês que o que numa onde a educação ambiental é colocada em Pauta não é onde. Curriculum Vitae: Francisco Hermes Batista Alencar. Professor universitário Cetecs Brasil – Piauí-Serviço Social; EMIEF N. Srª de Fátima – Fronteiras-PI; Assessor Concluintes UNICAMP-áreas: Pedagogia, Filosofia, Sociologia, Letras-Inglês-Espanhol, História; Professor substituto em Campinas-SP: E.E. Profª. Celeste Palandi de Mello-Jd. Campo Belo (EF I, II e EM); EE Mj. Adolpho Rossin-Jd. Rossin E. E. Prof. Elcio Antonio Selmi-Jd. Cosmos (Ef I, II, EM, EJA) (2009-2011); Cursinho Pré-Vestibular Vl. da Juaba-Cametá/PA; Doutorando em Ciências da Educação – World University Ecumenical (Flórida-EUA, 2023). Atualmente é voluntário agente pastoral – Paróquia São Sebastião, contratos temporários – CETECS BRASIL, contratos temporários e voluntário PASCOM – Rádio solidária 87.9 FM e assistente de sala de aula e professor substituto da Prefeitura Municipal de São Bento-PB. Tem experiência na área de Divulgação Científica, com ênfase em Eco espiritualidade, atuando principalmente nos seguintes temas: BNCC prática cotidiana escolar, educação ambiental, emocional e financeira crítica, educação ambiental crítica, direitos humanos, inclusão escolar, pensamento complexo e Inter & transdisciplinaridade; Publicação, revisão, elaboração como Uiclaper: Https://www.uiclap.bio/Francisco.alencar1; E-mail: fhba.sb@gmail.com; Palavras-chave: 1. BNCC. 2. Pensamento Complexo. 3. Socioambientalismo. 4. Processo Ensino e Aprendizagem. 5. Linguística 6. Brasil Contemporâneo. 7. Luta de Classes.

Informações adicionais

Peso 0,268191 kg
Dimensões 21 × 29,7 × 0,58 cm
Nº Páginas

96

Capa

Brilho, COM orelha

Data da Publicação

02/01/2023

Impressão

Preto e Branco (Papel Offset)

Tamanho

Editora

Autor(a)

, , ,

Faixa Etária Recomendada

SEM CLASSIFICAÇÃO

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
Gestão da educação socioambiental thumbnail

Gestão da educação socioambiental

R$33,24