O Pináculo Do Templo

R$45,66

Autor(a): Dmitri Bento Da Silva Maior
Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/Dr.Cesar

Prazo de produção: até 7 dias úteis

Sinopse

Dmitri Bento Da Silva Maior (1945-2019), foi escritor, advogado, porém não exerceu a profissão, filósofo, e livre pensador. Depois de se formar em direito aqui no Brasil, decidiu que a advocacia não era bem o que ele queria para a sua vida, ela não o faria feliz, foi aí que tomou a decisão de ir morar na Europa, e com isso dar início a sua formação de filosofia. Uma vez em solo europeu, isso era meado dos anos de 1965, ele radicou um tempo em Paris, outro em Londres mais adiante na Alemanha, Grécia e, por fim, em 1991 voltou ao Brasil. Doutor em filosofia e em história, resolveu que Belo Horizonte seria o melhor lugar para viver, e de fato, foi ali que morou até a sua morte.
Dmitri é fruto do ostracismo, da marginalidade dos holofotes; vivendo na mais completa solidão, assim foi a vida de Dmitri Bento. Um excelente pensador e amante das letras, mas que durante todo o seu tempo de vida nunca foi descoberto, nunca teve a oportunidade de revisitar, para, então, mostrar o seu trabalho como escritor de ficção filosófica.
Apesar de ser triste, porém, é real, eu julgo que todo ser humano tem o seu momento, mesmo depois de morto, como no caso de Dmitri. Hoje com essa oportunidade se autopublicar, pois bem, chegou a hora de Dmitri aparecer. Chegou a sua hora de brilhar como autor de ficção filosófica.
A letra de Dmitri é como um fogo, é como um raio, que bate, queima, e parte tudo aquilo que ele toca. Sua letra é letra viva, é letra letal. Letal porque tem alma, tem fogo e tem vida. Mesmo depois de morto Dmitri é presença constante na vida prática de todos aqueles seres humanos que sente, que sofre e pode verter lágrimas diante de uma história que é mais que uma simples história, é vida e vida em abundância. Dmitri é isso: abundância.
Um ser humano que foi portador de TDI (Transtorno Dissociativo de Identidade), mas que não se deixou abater, queria muito a vida a ponto de sentir que a própria vida também o queria. Fato que tudo o que escreveu, cada letra, cada palavra, pulsava no papel, era como se a palavra, a letra, tivesse vida própria, mas não, a palavra pulava, gritava, ali no papel, porque a palavra era a vida de Dmitri escorrendo em sangue de tinta da sua caneta. Tanto que na hora dele escrever ele costumava falar ao seu coração: “Por horas cegas do dia me vejo escorrendo em sangue de tintas.”
Vira e mexe me perguntam: “Por que publicar Dmitri, um homem que durante toda a sua vida foi um ser invisível e, agora é um morto, um morto invisível?” E eu com toda calma e paciência digo: “publicar Dmitri não só é necessário como é, acima de tudo, urgente. Publicar Dmitri é romper a bolha de uma ferida que para se curar, antes tem que arder. Publicar Dmitri é amputar o membro necrosado que apodrece a nossa esperança em um sociedade melhor. Publicar Dmitri é isso e muito mais.”
O Pináculo do Templo é a porta de entrada para a vida e a obra deste livre pensador, deste filósofo, deste mestre da ficção filosófica. No Pináculo do Templo tudo está ali na mesma hora e na mesma intensidade. É tão intenso que chega até dar uma vertigem, uma tonteira na nossa cabeça. A primeira palavra é, se me é permitido dizer, a fechadura da porta da cabeça do mundo de Dmitri. Destrancada a porta, pronto, é só embarcar com Dmitri no seu mundo, na sua ficção, enfim, na sua loucura. O Pináculo é o topo de toda essa loucura, mas calma, pois o Templo é o abrigo dessa loucura toda.

Informações adicionais

Peso 0,50623 kg
Dimensões 15,5 × 23 × 1,9 cm
Nº Páginas

360

Capa

Fosco, COM orelha

Data da Publicação

01/08/2022

Impressão

Preto e Branco (Papel Offset)

Tamanho

Editora

Autor(a)

Faixa Etária Recomendada

Adulto (maiores de 18 anos)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Faça o login para Avaliar
O Pináculo Do Templo thumbnail

O Pináculo Do Templo

R$45,66